Fachin abre prazo de cinco dias para PGR decidir se denuncia Temer

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu hoje (22) abrir prazo para a Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifestar sobre o inquérito aberto para investigar o presidente Michel Temer, a partir das delações da JBS.  A partir da intimação, a PGR terá prazo legal de cinco dias para decidir sobre eventual denúncia contra o presidente e outros citados nas investigações, entre eles, o ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR).

Na decisão, o ministro não se pronunciou sobre o pedido de Policia Federal (PF) para prorrogar por mais cinco dias o inquérito aberto para investigar o presidente e Loures.  Com a decisão, a PF deverá anexar as diligências que ainda faltam, como o laudo das gravações feitas pelo empresário Joesley Batista com o presidente, nos próximos dias.

No início do mês, a investigação já foi prorrogada pela primeira vez a pedido da PF, que alegou necessidade de mais tempo para concluir as investigações, iniciadas a partir das citações do nome do presidente nas delações dos executivos da JBS.

Na sexta-feira (9), o advogado Antônio Mariz de Oliveira, representante de Temer, informou ao ministro que o presidente decidiu não responder às perguntas enviadas pela Polícia Federal no inquérito. Além disso, a defesa pediu o arquivamento das investigações e fez críticas ao teor do questionário enviado pelos delegados.

Para a defesa de Temer, o questionário é um “acinte à sua dignidade pessoal e ao cargo que ocupa” e atenta contra os “direitos individuais inseridos no texto constitucional”. “ O presidente e cidadão Michel Temer está sendo alvo de um rol de abusos e de agressões aos seus direitos individuais e à sua condição de mandatário da nação que colocam em risco a prevalência do ordenamento jurídico e do próprio Estado Democrático de Direito”, destaca o documento.

Agência Brasil

Supremo autoriza investigar Aécio Neves por lavagem de dinheiro

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, autorizou nesta quinta-feira (22) a abertura de uma nova investigação sobre o senador Aécio Neves afastado (PSDB-MG) por suposta prática de lavagem de dinheiro.

O novo inquérito foi pedido pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, com base na delação da JBS.

A nova investigação vai apurar se Aécio tentou ocultar a origem de R$ 2 milhões que teria recebido do empresário Joesley Batista. Segundo a PGR, a quantia era propina para que o senador atuasse em favor da JBS.

Após a abertura do novo inquérito, o advogado de Aécio, Alberto Toron, divulgou a seguinte nota: “A defesa do Senador Aécio Neves recebe a informação com naturalidade por se tratar de desdobramento da denúncia inicial. A investigação demonstrará que não se pode falar em lavagem ou propina, pois trata-se de dinheiro de origem lícita numa operação entre privados, portanto sem envolver recurso público ou qualquer contrapartida. Assim, não houve crime.”

Com o novo inquérito, Aécio passa a ser alvo de nove investigações no STF: cinco abertas a partir das delações da Odebrecht; duas abertas a partir das delações do senador cassado Delcídio do Amaral e duas abertas a partir das delações da JBS.

Aécio já foi denunciado por Janot com base nas delações da JBS por corrupção passiva e obstrução da Justiça.

Desmembramento
Além da nova investigação, Marco Aurélio Mello determinou o envio de investigações sobre Andrea Neves e Frederico Pacheco, irmã e primo do senador, para a primeira instância da Justiça Federal em São Paulo.

Também deixará de ser investigado no STF o ex-assessor parlamentar do ex-assessor do senador Zeze Perrella (PMDB-MG) Mendherson Souza Lima.

G1

Três dias de festa resgata tradicional São João da cidade de Diamante; fotos

Desde o dia 19 de junho que a população de Diamante vivencia o resgate do tradicional São João da cidade.
A festa teve início com a realização da 6ª edição do “Forró no Beco do Brogodó”, que contou com apresentações de várias atrações musicais, a exemplo de João Lima, Edson Farry, André Vieira, Bonde da Zueira, além de Pisada Night e Tony Vaqueiro. 
O Brogodó é uma festa realizada através de doações arrecadadas pelos próprios moradores da cidade, contando com o incentivo do comércio local e da Prefeitura.
No dia 20, efetivou-se o resgate do São João, realizado pela prefeitura. Vicente Nery, Pakerador e Saulo Lacerda fizeram a animação que contou com uma verdadeira multidão no terreiro do forró.
Nesta quarta-feira, dia 21, a festa foi encerrada com o show do cantor Caninana do Forró, que por sua vez, foi responsável por atrair uma gama de vaqueiros apaixonados de todo o Vale do Piancó. No palco, ainda se apresentou o cantor Roberto Vaneirão, e as bandas BoraBora e Feitiço de Menina.
“Meu coração transborda de felicidade. Finalizamos em paz e com muita alegria o São João da cidade de Diamante, momento que a comunidade aproveitou para se confraternizar, rever os filhos ausentes e ainda movimentar consideravelmente o nosso comércio local. Muito obrigada a todos que puderam abrilhantar esse lindo evento”, disse a Prefeita Carmelita.
Há anos que o São João da cidade de Diamante não vinha sendo realizado. Nesta quinta-feira, a festa continua na Vila Vazante, com Forró BoraBora e Alissin Vieira.
Fotos da festa no Beco:




 Diamante Online

/

CPI descobre esquema de desvio de verba pública na Câmara Municipal de Cabedelo

Na 15ª reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito, o clima realmente foi quente. Não bastasse a ordem de prisão em flagrante dada pelo Presidente da CPI, homologada por todos os seus membros, a qual levou a testemunha Diego de Lima Nascimento do plenário da Câmara direto para a delegacia, os membros fizeram descobertas que podem complicar ainda mais a vida de Lucas Santino (ex-presidente e investigado da CPI) e um de seus braços direitos durante a sua gestão. 

É que em seu depoimento à Comissão, o ex-assessor da Presidência e ex-diretor de licitação e pregoeiro da Câmara, Diego Lima, confirmou que sacou cheques na Caixa Econômica Federal de propriedade de empresas e fornecedores de serviços da Casa Legislativa.

Ao todo, foram mais de 20 mil reais em cheques que eram endossados e sacados por Diego Lima, todos no “apagar das luzes” da gestão do seu amigo Lucas Santino. Segundo o relator da CPI, vereador Junior Datele (PEN), a Comissão Parlamentar de Inquérito teve acesso as cópias dos cheques emitidos pelo Poder Legislativo no mês de dezembro de 2016 e descobriu o possível esquema de lavagem de dinheiro ocorrido naquele período.
Segundo as investigações dão conta, o ex-presidente Lucas Santino (PMDB), assinou vários cheques no período de 21 a 30 de dezembro do ano passado, para empresas que sequer tinham contratos com a Câmara Municipal e alguns de seus assessores providenciavam que os cheques fossem endossados para que pudessem ser sacados por eles mesmos ou depositados em contas de terceiros.

Só uma única empresa, denominada Nordeste Galpões, recebeu nesse período pagamentos que chegam a um total de R$ 345.000,00 (trezentos e quarente e cinco mil reais), em vários cheques, sendo destes, dois sacados pelo então pregoeiro da Casa, Diego Lima, totalizando R$ 18.000,00 (dezoito mil reais).

A situação do ex-presidente da Casa, se agrava ainda mais, ao passo que neste mesmo mês de dezembro, inúmeros servidores do Poder Legislativo ficaram sem receber seus salários de dezembro e o 13º salário, possivelmente em virtude deste esquema de lavagem de dinheiro descoberto.

Segundo o Presidente da Comissão, vereador Antonio do Vale (PRP), em entrevista concedida ao programa radiofônico Rádio Verdade da Rede Arapuan, a comissão ainda está analisando a documentação apresentada e irá ouvir mais de 40 pessoas e empresas que podem ter participado dos desmandos investigados e que “precisa ser passado a limpo tudo que ocorreu na Câmara, não se pode mais permitir que um gestor faça o que foi feito, descumprindo as normas e fique por isso mesmo” finalizou o parlamentar.




 Assessoria da CPI

Prefeitura de São Bento auxilia produtores rurais na produção de silagem

A prefeitura de São Bento, por meio da Secretaria de Agricultura, está realizando, desde o mês de maio, o serviço de silagem para pequenos e médios produtores rurais que precisam garantir o sustento do rebanho no período de estiagem.
Conforme o secretário de Agricultura do município, Francivaldo da Silva Araújo (Nená), já foram feitos mais de vinte silos de sorgo, milho e capim em toda a zona rural do município. “São Bento é o único município da região que está realizando o serviço de silagem sem custo para o pequeno produtor”, disse o secretario.

O agricultor João Araújo da Silva (João Côco), morador na comunidade Jenipapo dos Lúcios e um dos beneficiados com a medida, destacou a importância da parceria com munícipio. “Estou muito feliz e grato à prefeitura pelo serviço na minha propriedade, é um grande beneficio pra nós agricultores, essa ação vai garantir o sustento de 40 animais, durante 4 meses”, afirmou.

No Sitio Manga, onde reside o senhor Benicio Alves dos Santos, foram moídos mais de 30 mil kg de sorgo e milho, os quais alimentarão 20 cabeças de gado, num período de cinco meses. “Já fazia muitos anos que eu solicitava essa máquina da prefeitura que colhe e mói a ração, mas nunca consegui. O trabalho que demorava mais de cinco dias pra fazer foi feito em um dia e meio e facilitou muito pra gente, pois não podia contratar um proprietário de máquina”, completou.

Além do Jenipapo dos Lúcios e do Sitio Manga, as comunidades de Várzea da Serra, São Bento de Baixo, Santo Antônio, Lagoa do Barro, Jenipapo dos Brejeiros e Boqueirão foram contempladas com os serviços de silagem.







Ascom



Gervásio participa de abertura do São João no Vale do Piancó e concede entrevistas

IMG-20170623-WA0212
O presidente da Assembleia Legislativa faz Paraiba, deputado estadual Gervásio Maia, participou da abertura do São João na cidade de Olho D’Àgua, no Vale do Piancó. Já nesta quinta-feira (22), na cidade de Bananeiras, o chefe do Poder Legislativo paraibano concedeu entrevistas nas cidades de Pilões e Bananeiras.
Na ocasião, Gervásio fez um balanço dos primeiros meses à frente da Casa de Epitácio Pessoa e destacou os avanços e projetos implementado na sua gestão. “Estamos pagando alguns direitos dos servidores efetivos, direitos adquiridos ao longo de períodos passados, para que possamos deixar tudo rigorosamente em dia. Sobre a reforma, posso dizer que vamos atender os setores do Comitê de Imprensa, Taquigrafia, TV Assembleia e estrutura do entorno do Plenário. Estamos trabalhando intensamente. É nossa obrigação procurar projetar a Assembleia Legislativa para o futuro”, destacou o presidente da Assembleia.
Gervásio falou a importância de ir até aos municípios, regiões conhecer os avanços e realidades e ir abraças os amigos. “Gosto muito de fazer a política de perto, nos municípios, olhando as pessoas, ver as necessidades da população. Nunca se investiu tanto no Brejo. O governador Ricardo Coutinho trabalhou para melhorar a vida de todas as regiões da Paraíba e este trabalho não foi diferente no Brejo paraibano”, ressaltou Gervásio.
Sobre o recesso, o parlamentar informou que os setores da Casa continuarão funcionando. “Vários setores da Assembleia vão continuar funcionando para dar celeridade aos projetos de reforma e ampliação da Casa”.




Blog do RC/Blog do Anderson


Romero Rodrigues recebe Manoel Júnior no maior São João do Mundo

IMG-20170623-WA0208
O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, recebeu o vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior (PMDB), na noite dessa quinta-feira (22), no Parque do Povo, para prestigiar o Maior São João do Mundo.

No instagran, Romero enfatizou a visita do peemedebista”Hoje no Maior São João do Mundo tive a honra de receber o vice-prefeito Manoel Júnior de João Pessoa, o Dep Tovar, o vereador Johni de Sapé e o vereador Marinaldo Cardoso. Festa muito prestigiada”, postou.






Blog do RC/Blog do Anderson

Comissão da Câmara aprova fim de multa para quem esquece CNH

Tudo parado: size_960_16_9_172054577.jpg
A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou um projeto de lei que impede a aplicação de multa e retenção do veículo se o motorista não estiver com a carteira nacional de habilitação (CNH).

É preciso, no entanto, que o agente de trânsito consiga obter as informações dos documentos por meio de consulta a banco de dados oficial.

De autoria da ex-deputada Sandra Rosado e da deputada Keiko Ota (PSB-SP), o projeto de Lei 8022/14 altera o Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97).

A matéria segue para o Senado, a não ser que haja recurso para análise pelo Plenário da Câmara.

Pela regra atual, quem dirigir sem portar o licenciamento e a carteira de motorista poderá ser multado e ter seu veículo retido até a apresentação dos documentos. A infração é considerada leve.

Prazo
Segundo a proposta, quando não for possível realizar a consulta online das informações do veículo ou do condutor, o auto de infração será cancelado caso o condutor apresente, em até 30 dias, o documento ao órgão de trânsito responsável pela autuação.

Assim, o motorista não terá pontos computados em sua carteira, referentes à infração.

A comissão acompanhou o voto do relator, deputado João Campos (PRB-GO), pela constitucionalidade e juridicidade do texto.

O colegiado também aprovou emenda da Comissão de Viação e Transportes para exigir a apresentação, pelo condutor, de algum documento de identificação oficial, a fim de ser beneficiado pela medida.



Luiza Calegari

Preocupada com a Lava Jato, premiê da Noruega cobra ‘limpeza’

Michel Temer em visita a NoruegaO presidente Michel Temer foi colocado em uma saia justa nesta sexta-feira durante encontro oficial com a primeira-ministra da Noruega, Erna Solberg, em Oslo. A premiê teceu duras críticas sobre a corrupção no país e repreendeu o Brasil pelo aumento do desmatamento das florestas tropicais, durante entrevista conjunta após a reunião. Solberg ainda anunciou que seu governo irá reduzir o investimento no fundo de proteção da floresta Amazônica.

“Estamos preocupados com a Lava Jato. É preciso fazer uma limpeza e encontrar uma solução”, afirmou Solberg a jornalistas, ao lado de Temer. Segundo ela, o Brasil vive uma época de “desafios” e “turbulência”. Atualmente, a Noruega também investiga empresas que teriam pagado propina a ex-diretores da Petrobras e executivos que manteriam contas no exterior.


Temer, desconcertado com as críticas da premier, se confundiu ao tomar a palavra para seu discurso. Em vez de anunciar sua visita ao Parlamento norueguês e seu encontro com o rei do país, o peemedebista disse que iria ao “Parlamento brasileiro” e falaria com o “rei da Suécia”. Mesmo com os comentários de Solberg, porém, Temer tentou convencer a Noruega de que o Brasil não passa por uma crise. “As instituições funcionam com regularidade extraordinária e liberdade”, afirmou. “A democracia é algo plantado formalmente pela Constituição e praticada na realidade”.

Desmatamento
No encontro, a premiê também anunciou publicamente a decisão do governo da Noruega de reduzir pela metade os recursos destinados a proteger a floresta amazônica em 2017, para aproximadamente 50 milhões de dólares (167 milhões de reais), devido ao aumento na taxa de desmatamento no Brasil. Temer fora notificado ontem sobre a redução.

Rica graças à exploração de petróleo e gás, a Noruega investiu mais de 1,1 bilhão de dólares no Fundo Amazônia desde 2008. “Eu expressei preocupação com fato de que o desmatamento aumentou de certa forma”, disse Solberg aos repórteres. Apesar da redução de investimentos, a primeira-ministra reafirmou um acordo de 2015 para estender a cooperação florestal até 2020. “Eu não vejo nenhuma razão para renegociar esse acordo”, disse.

Temer respondeu que o Brasil trabalha para proteger a Amazônia e citou como exemplo os vetos a medidas provisórias, que reduziam áreas de preservação e a ampliação de parques nacionais. “O Brasil é uma das grandes, senão a maior reserva ambiental do mundo”, disse o presidente, que também agradeceu a colaboração norueguesa. Do lado de fora do gabinete de Solberg, cerca de 40 pessoas protestavam com cartazes com dizeres como “pare com a destruição das florestas tropicais”.

(Com ANSA e Reuters)

Prefeitura de São Bento inicia serviço de terraplanagem na zona rural

A Prefeitura Municipal de São Bento, por meio da Secretaria de Infraestrutura (SEINFRA), iniciou essa semana, os serviços de terraplanagem na zona rural do município.

De acordo com o Secretario de Infraestrutura do município, Tony Lucio, os trabalhos estão sendo feitos no perímetro que dá acesso à comunidade Riachão e chegarão até a Barra de São Pedro, já no vizinho Estado do Rio Grande do Norte. “Assim como fizemos na zona urbana, todas as comunidades rurais serão beneficiadas com o serviço de terraplanagem”, assegurou Tony.

Após a conclusão no setor mencionado, as ações vão continuar no Sítio 14, seguindo para a estrada do Distrito de Barra de Cima, a qual passa pelas comunidades do Xique-Xique, Taquarituba e Várzea Grande.

As atividades de terraplanagem nas estradas vicinais da ‘Terra da Rede’ serão encerradas nos trechos que ligam os Sítios Várzea Grande dos Pretos, Cosmos, Gangorrinha e Alto do Cipó.

No perímetro urbano, os bairros atendidos pelo aplainamento de terrenos foram: Cícero Dias II, São Bernardo, Boa Esperança, Belarmino Lúcio, Afonso Manoel, Loteamento Portal, Dão Silveira, Bosque do Piranhas e São Bento de Baixo.

Ascom

Homem é preso suspeito de tentar sufocar filho de um ano e atear fogo na mulher

Um homem foi preso sob suspeita de tentar atear fogo na mulher e sufocar o filho de um ano e dois meses, no bairro Bodocongó, na Zona Oeste de Campina Grande. De acordo com informações repassadas pela Polícia Militar o suspeito também estaria mantendo a família em cárcere privado.

Ainda conforme a PM, a ação criminosa aconteceu após uma briga do homem com a esposa. Segundo a delegada da Mulher de Campina Grande, Maria Sileide, o suspeito foi autuado em flagrante e vai responder pelo crime de violência doméstica.

Após o depoimento na delegacia, o homem foi encaminhado para a carceragem da Polícia Civil, onde aguarda a realização da audiência de custódia. A expectativa é que o inquérito seja concluído em no máximo 30 dias.




G1

Casas lotéricas são assaltadas simultaneamente no Sertão da Paraíba

Duas casas lotéricas foram alvos de criminosos praticamente no mesmo horário em duas cidades do Sertão na Paraíba na terça-feira (20). Segundo a Polícia Militar, os casos aconteceram nos municípios de Bom Sucesso e Brejo dos Santos.

O primeiro caso foi registrado na cidade de Bom Sucesso. Um homem armado chegou na casa lotérica por volta das 14h, rendeu clientes e funcionários e foi até o caixa do estabelecimento, onde roubou a quantia de R$ 80 mil. Logo em seguida, saiu do local correndo com a mochila de dinheiro nas mãos.

Poucos minutos depois, quatro homens em duas motos assaltaram uma casa lotérica na cidade de Brejo do Santos. Na ocasião, eles também conseguiram levar uma grande quantia em dinheiro, que não foi especificada pela Polícia Militar.

Ainda conforme a PM, no caso do assalto em Brejo dos Santos, as câmeras de segurança ajudaram a identificar os suspeitos do crime, mas até as 7h30 desta quarta-feira (21) ninguém havia sido preso nem o dinheiro recuperado.





G1

Programa De Aquisição De Alimentos, Associação De Agricultores Familiares Do Assentamento Tiradentes,E Prefeitura De Marí Distribui 14 Toneladas De Milho




A CONAB- Programa PAA e a Associação de Agricultores Familiares do Assentamento Tiradentes, em parceria com o município de Mari, atraves da Secretaria de Desenvolvimento Humano, estão neste momento distribuído cerca de 14 toneladas de milho verde, no Banco de Alimentos do município, situado a rua 15 de Janeiro. Público alvo: Beneficiários do Programa Bolsa Familia.





Veja Fotos:

























Ascom - Mari PB






Prefeitura de Mari, apoia realização da I Festa Junina da Creche Municipal Cindá Monteiro

 A Creche Municipal Cindá Monteiro, que tem como diretora responsável a Profª Luzia Gomes, realizou na tarde desta terça-feira (20/05), uma linda festa em comemoração ao mês junino. A diretora da Creche e sua competente equipe de professoras e funcionárias, mais uma vez surpreenderam a todos convidados e mães, na organização e realização do evento.
Estiveram prestigiando o evento, a Secretária de Educação Rosemagna Cunha e auxiliares, A Primeira Dama do Município Rosineide Cunha, o Secretário de Desenvolvimento Econômico Severino Ramos e a Vereadora Marilene Rufino, o multimídia Radazinho, além de pais e mães de alunos.
Na programação houve apresentação das crianças, que ao som de músicas juninas infantis, dançaram objetivando desenvolver e despertar a valorização da cultura local e regional. O que não faltou, foram os deliciosos pratos de comidas típicas.
São eventos como este, que precisam estar presente dentro do nosso currículo sempre, e portanto valorizado e apoiado pelo Gestor Municipal, em parceria com a Secretaria da educação. “A criança é um ser social, que tem desejo de estar próxima às pessoas e é capaz de interagir e aprender com o mundo ao seu redor, de forma que possa compreender e influenciar seu ambiente”, destacou, Rosemagna Cunha, Secretária de Educação.
“Não podemos deixar acabar nossas tradições, principalmente os festejos juninos, temos que incentivar nossas crianças, desde o maternal, a cultivar e amar nossa cultura, pois é na infância que damos os primeiros passos para ampliarmos nossas relações sociais”, observou, a Primeira Dama, Rosineide Cunha.
Ao final, depois do sorteio do balaio de São João, a Profª Luzia Gomes, mostrou-se satisfeita pela realização dos festejos juninos, e agradeceu a presença de todos, renovando o convite à todos para os próximos eventos a serem realizados na Creche Cindá Monteiro.
O evento teve total apoio da Prefeitura Municipal de Mari, através do Prefeito Antonio Gomes.


Ascom - Mari PB 

Polícia Federal e MPF pediram afastamento de secretário de Cartaxo

Polícia Federal e MPF pediram afastamento de secretário de CartaxoA Polícia Federal (PF) pediu a suspensão da função pública do secretário de Infraestrutura de João Pessoa, Cássio Andrade, que é um dos investigados pelo órgão e pelo Ministério Público Federal (MPF) que investigam a gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PSD) por suspeita de superfaturamento na obra da Lagoa. Diante do pedido, o MPF deu parecer favorável.
No pedido realizado no dia 31 de maio de 2017, o MPF destaca que a permanência de Cássio na gestão de Cartaxo poderá interferir diretamente nas investigações, seja destruindo provas ou intimidando demais servidores subalternos.
O pedido feito pela Polícia Federal com endosso do Ministério Público Federal foi negado pela Justiça Federal pouco antes da Operação Irerês, assim como um mandado de busca e apreensão de computadores e documentos na Secretaria de Infraestrutura da Prefeitura de João Pessoa (PMJP).
A Operação investiga o superfaturamento de R$ 6,4 milhões no projeto de revitalização da Lagoa do parque Sólon de Lucena, na capital. Foram apreendidos documentos e equipamentos em escritório e residência de sócios da empresa contratada da PMJP para realizar a obra.
Em entrevista nesta segunda-feira (19), Cartaxo ressaltou que a PMJP está colaborando com as investigações e que ele tem interesse em que o mais rápido possível as investigações possam terminar.
Confira a documentação abaixo:
Quebra de Sigilo
Os inquéritos civil e criminal do MPF e da PF que investigam os desvios de recursos da obra de requalificação do parque Sólon de Lucena (Lagoa) tiveram o sigilo quebrado, através de decisão judicial.
A juíza da 16ª Vara Federal, Cristiane Mendonça Lage, recomendou o levantamento do sigilo dos inquéritos que tramitam na PF e no MPF, no último dia 9 de junho, e justificou que antes, as investigações estavam em segredo de Justiça apenas para garantir os mandados de busca e apreensão realizados na primeira fase da Operação Irerês, ocorrida em 2 de junho.
A decisão também revela que a Procuradoria Geral de João Pessoa teve acesso por tempo determinado aos autos dos inquéritos para cópias.
O procurador Yordan Delgado também já havia declarado que ao menos no âmbito civil está comprovado que houve superfaturamento na execução da obra de revitalização do Parque Sólon de Lucena (Lagoa) por parte da PMJP.
No Ministério Público Federal tramita inquérito civil que investiga desvios de recursos destinados à obra.
 Confira a documentação abaixo:


Click PB

Salão de Beleza

Salão de Beleza

OUÇA A RADIO KEBRAMAR FM